<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Mercado da bola: As 10 contratações mais caras do futebol brasileiro

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro

Crédito foto: Montagem Esportudo.com/Divulgação

No final do mês de junho, o São Paulo anunciou a confirmação da compra do zagueiro Maicon, do Porto (POR), por cerca de 22 milhões de reais, realizando assim a sétima contratação mais cara da história dos clubes brasileiros no mercado da bola.

O zagueiro integra uma lista que contém os mais diversos personagens, sendo jogadores que acabaram se transformando em ídolos e até atletas que ficaram marcados como uma grande decepção, se analisarmos o custo-benefício da transação.

Veja, abaixo, a lista das dez maiores contratações da história do futebol brasileiro:

10. Dudu (Dínamo de Kiev-Palmeiras) - R$ 18,7 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-dudu-palmeiras

Crédito foto: Divulgação/Palmeiras

Depois de brigar e vencer os rivais Corinthians e São Paulo, o Palmeiras abriu os cofres para ter o atacante Dudu em seu elenco. Até o momento, o alto investimento tem valido a pena: o jogador foi um dos destaques do time na conquista da Copa do Brasil de 2015.

9. André (Dínamo de Kiev-Atlético-MG) - R$ 19,7 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-andre-atletico-mineiro

Crédito foto: Divulgação/Atlético-MG

Maior contratação da história do Galo, André foi uma grande decisão para os atleticanos. O atacante não chegou perto de repetir a boa passagem que teve pelo Santos antes de ir à Ucrânia e acabou emprestado para o Sport e, posteriormente, vendido ao Corinthians sem nunca ter brilhado em Minas Gerais.

8. Ricardinho (Corinthians-São Paulo) - R$ 20,1 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-ricardinho-sao-paulo

Crédito foto: Reprodução/Avaí FC

Com um valor assombroso para a época (2002), Ricardinho deixou o Timão e foi defender o Tricolor do Morumbi, decisão que o deixou com fama de “mercenário” no Parque São Jorge. Com a camisa do São Paulo, o meia nunca chegou a ter o mesmo brilho que nos tempos do alvinegro.

7. Maicon (Porto-São Paulo) - R$ 22,1 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-maicon-sao-paulo

Crédito foto: Divulgação/São Paulo FC

Não houve outra escolha. Foi preciso pagar esse alto valor para manter o jogador que ganhou rapidamente a torcida Tricolor e se tornou o líder do São Paulo semifinalista da Libertadores 2016. Depois de uma longa novela, o zagueiro de 27 anos seguirá como titular absoluto do São Paulo de Edgardo Bauza.

6. Ganso (Santos-São Paulo) - R$ 23,9 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-ganso-sao-paulo

Crédito foto: Divulgação/São Paulo FC

Uma das mais caras e mais polêmicas. Assim foi a saída de Ganso da Vila Belmiro, onde brilhou ao lado de Neymar, para ir ao Morumbi. Odiado pelos santistas, o meia chegou ao São Paulo em 2012 e, com altos e baixos, conquistou apenas o título da Copa Sul-Americana (2012).

5. Javier Mascherano (River Plate-Corinthians) - R$ 25 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-mascherado-corinthians

Crédito foto: Reprodução/Facebook oficial

Atual capitão da Seleção Argentina e ídolo do Barcelona, Mascherano chegou com apenas 20 anos ao Corinthians e teve um bom início. Apesar do problema com lesões, foi campeão do Brasileirão 2005 com o clube paulista.

4. Nilmar (Lyon-Corinthians) - R$ 27,8 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-nilmar-corinthians

Crédito foto: Reprodução/Divulgação

Tido como uma das maiores contratações da “Era MSI” no Corinthians, Nilmar manteve a tônica de toda a sua carreira no Parque São Jorge: boas atuações, gols e muitas lesões. Ainda assim, foi peça importante no título brasileiro de 2005.

3. Alexandre Pato (Milan-Corinthians) - R$ 40,5 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-pato-corinthians

Crédito foto: Reprodução/Agência Corinthians

Com um salário astronômico, Pato chegou para a ser a grande estrela do Corinthians pós-título Mundial de 2012. Além de nunca ter correspondido em campo, o atacante ficou marcado pelo pênalti perdido em eliminação na Copa do Brasil 2013 e nunca mais teve clima na equipe. Foi emprestado ao São Paulo, depois ao Chelsea e agora viverá seus últimos seis meses no clube paulista antes do final do vínculo.

2. Leandro Damião (Internacional-Santos) - R$ 41,6 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-damiao-internacional

Crédito foto: Reprodução/Santos FC

Os inúmeros gols marcados com a camisa do Internacional que levaram Damião ao ataque da Seleção Brasileira nunca foram vistos na Vila Belmiro. A passagem pela Baixada Santista acabou marcada por muitas lesões, más atuações e problemas judiciais entre atleta e clube.

1. Carlos Tévez (Boca Juniors-Corinthians) - R$ 60,5 milhões

Mercado-da-bola-contratacoes-mais-caras-do-futebol-brasileiro-carlos-tevez-carlitos-corinthians

Crédito foto: Reprodução/Facebook oficial

Custou caro, mas valeu a pena. Essa é opinião da torcida corintiana quando pensa no atacante argentino. Com gols e muita garra, Tévez se tornou ídolo da torcida alvinegra e foi o maior personagem do título brasileiro de 2005. Desde que deixou o time, em 2006, boa parte da Fiel sonha com o retorno de “Carlitos” ao clube.

Veja também:
Mercado da bola: As 10 maiores contratações do futebol da China

Rio 2016: O que podemos esperar de Neymar nas Olimpíadas?
11 jogadores do Palmeiras que já fizeram sucesso na Seleção Brasileira

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Futebol, Santos, São Paulo, Atlético MG, Corinthians, Palmeiras, Internacional, Brasileirão, Boca Juniors

Lucas Tomazelli

Escrito por Lucas Tomazelli

Recém formado em jornalismo pela ECA-USP e com passagem pela equipe de esportes da Rádio Jovem Pan, é apaixonado por futebol e por tudo o que ele proporciona. Futebol americano, tênis e basquete também fazem seu coração bater mais forte. Tenta passar essa emoção, entre outras coisas, em seus textos.

Lists by Topic

see all
New Call-to-action