<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Brasileirão 2016: Veja o melhor jogador de cada clube da Série A

Brasileirao-2016-4.jpg

Hoje (14/5), finalmente voltamos com o Campeonato Brasileiro, o principal torneio nacional, que percorrerá até o final deste ano e premia aqueles clubes que mais demonstraram poder de regularidade e decisão. 


Confira abaixo quem são os melhores jogadores de cada clube da Série A. Muitas vezes é aquele cara que, provavelmente, chama a responsabilidade em momentos difíceis ao longo do campeonato:

América-MG: Tiago Luís

Tiago-Luis-america-mg-brasileirao-2016

O título do Campeonato Mineiro não pode empolgar o time comandado pelo técicoor Givanildo Oliveira: o objetivo do Coelho será manter-se na primeira divisão para o ano que vem.

Os bons jogos feito contra Cruzeiro e Atlético empolgam, mas tudo vai depender muito da eficiência e da velocidade no ataque comandado por Tiago Luís, aquele mesmo que surgiu bem no Santos e que foi cogitado no futebol estrangeiro, mas não vingou nos clubes anteriores.

Atlético-MG: Lucas Pratto

Lucas-Pratto-melhores-jogadores-do-brasileirao

O Galo já não tem mais aquele mesmo time que venceu a Libertadores em 2013. O clube mineiro perdeu peças importantes como Ronaldinho, Tardelli e Jô, mas segue forte no ataque principalmente pela presença do ótimo atacante Lucas Pratto.

A típica raça argentina ajuda na hora de roubar bolas que parecem dominadas pela defesa adversária e ajuda principalmente com a precisão de gols dos mais diversos tipos, usando tanto de técnica como do estilo trombador do centroavante. O jogador ainda terá a ajuda de Robinho para colocar o Galo no topo da tabela.

Atlético-PR: Walter

walter-melhores-do-brasileirao-2016

Não é apenas de carisma que vive o atacante do Furacão. Mesmo conhecido por um porte físico um pouco atípico para um jogador de futebol, Walter já ''deitou e rolou” (como ele mesmo diz) Já atuou em vários times importantes do futebol brasileiro e deve dar muito trabalho aos zagueiros adversários como tem feito anos após ano.

Botafogo: Jefferson

Jefferson-Botafogo-melhores-do-brasileirao-2016

O Fogão volta à primeira divisão com um objetivo simples: não retornar para a segundona. O time é bem montado pelo treinador Ricardo Gomes, mas tem muitos jovens e a oscilação deve ser a principal marca da equipe ao longo do ano.

Para evitar sustos, o Botafogo conta com o goleiro Jefferson,  jogador que chegou a defender a seleção brasileira e que já salvou o alvinegro em várias partidas. Jefferson deve ser protagonista em vários jogos, especialmente quando atuar fora de casa.

Chapecoense: Bruno Rangel

Chape-Bruno-Rangel-melhores-do-brasileirao-2016

O maior artilheiro da história da Chapecoense é a principal esperança de gols do Verdão do Oeste. O jogador começou bem o ano batendo recordes e foi artilheiro do time no título do estadual. Apesar do bom começo de ano, a Chape sabe de suas limitações e quer voltar a ter um ano sem sustos.

Corinthians: Elias

tite-Elias-Corinthians-melhores-do-brasileirao-2016

Se perguntar para cada dez corintianos qual é o melhor jogador do time, nove responderão que não é um jogador, mas sim o técnico Tite. Como o treinador não entra em campo, Tite contará muito com o volante Elias.

O jogador ajuda  na sólida marcação e aparece com frequência no ataque como elemento surpres. Certo é que ele será peça importante do esquema de Tite para romper retrancas adversárias, especialmente atuando dentro da Arena Corinthians.

Coritiba: Kléber

Kleber-Gladiador-palmeiras-melhores-do-brasileirao-2016

O Coritiba é mais um daqueles times que têm mais com o que se preocupar do que sonhar. A dura derrota diante do rival na final do paranaense deve pesar logo no começo do Brasileirão e o técnico Gilson Kleina conta muito com Kléber Gladiador, o mesmo ex-Grêmio e Palmeiras. O polêmico atacante é o mais experiente do ataque paranaense e começa com moral por ter sido artilheiro no estadual.

Cruzeiro: Arrascaeta

Arrascaeta-Cruzeiro-melhores-do-brasileirao-2016

Ainda sem convencer na temporada e com a troca de treinador, a Raposa conta com o ótimo Arrascaeta. O jogador oscilou no ano passado, assim como o próprio Cruzeiro. O meia do clube mineiro já não é debutante no nacional e provou sua qualidade individual. Com ele, o Cruzeiro pode criar boas chances de gol e resultados neste Brasileirão.

Figueirense: Bady

Bady-Figueirense-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Apesar de não ter o mesmo nome e experiência do atacante Rafael Moura, Bady tem feito ótimas partidas e vem se destacando pelo Figueirense mesmo em pouco tempo. Caberá a ele manter as esperanças de um ano tranquilo para o alvinegro, especialmente, na construção ofensiva já que o time não conta com muitas opções. Olho também no jovem atacante Guilherme Queiroz, ex-Portuguesa, que chamou a atenção de outros times grandes também.

Flamengo: Mancuello

fla-mancuelo-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

É nítida a diferença de organização do Flamengo quando joga com ou sem o meia argentino Mancuello. Além da ótima capacidade de organização do time e da confiança do jogador o rubro-negro ganha uma ótima opção na bola parada.

Guerrero tinha tudo para ser o nome do time, mas não consegue repetir as boas atuações dos tempos de Corinthians e tem recebido mais críticas do que elogios pela imprensa e torcida.

Fluminense: Fred

Fred-Fluminense-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

O começo conturbado com Levir Culpi quase fez com que o atacante Fred deixasse as Laranjeiras, mas foi se acertando e continua como referência no ataque Tricolor pela experiência e história que construiu no clube. Contando com a ajuda de um Scarpa cada dia melhor, Fred deve continuar marcando seus gols e ajudando o Fluminense no segundo semestre.

Grêmio: Geromel

Geromel-Gremio-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Assim como o Corinthians, é difícil não atribuir a Roger o bom desempenho do time no gaúcho, ainda que as opções sejam bem melhores do que no time paulista. Luan, Bolaños e Giuliano são algumas das peças que permitem ao time sonhar alto nesse Brasileirão, mas muito passa pela solidez defensiva que o time apresenta com Geromel.

O zagueiro é titular absoluto e apresenta desde o ano passado uma regularidade impressionante de boas partidas, ajudando também na organização do time dentro de campo. Sua ausência é sempre muito sentida pelo Tricolor.

Internacional: Valdívia

Valdivia-Inter-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Embora não venha tão bem quanto no ano passado, o meia Valdívia continua sendo a grande referência na armação de jogadas do Colorado. Sem a ajuda de boas peças como tinha ano passado do meia D’Alessandro, Valdivia precisará voltar a jogar muita bola para levar o Inter para as primeiras posições do Brasileirão.

Palmeiras: Fernando Prass

Fernando-Prass-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Se por um lado há dúvidas sobre o que esperar do trabalho de Cuca ou se Dudu e Gabriel Jesus vão manter a evolução na frente não se repete debaixo das traves: a confiança em Fernando Prass é unânime, muito embora o próprio goleiro alviverde torça para aparecer o mínimo possível neste Brasileirão.

Um dos times mais irregulares dos primeiros meses de 2016, o Palmeiras ainda é uma incógnita para o segundo semestre.

Ponte Preta: Felipe Azevedo

Felipe-Azevedo-Ponte-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

A péssima campanha no estadual, com direito a eliminação ainda na primeira fase, ligou o sinal de alerta para a Macaca. O destaque fica novamente com Felipe Azevedo, mas foram poucos reforços para ajudá-lo na missão de manter a Ponte Preta na primeira divisão. Esse ano, o jogador precisará jogar muita bola para alcançar o objetivo da permanência na Série A.

Santa Cruz: Grafite

Grafite-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Não apenas pela experiência e destaque, mas também pelo poder de fogo que ajudou nas partidas decisivas do Nordestão e do campeonato pernambucano. Grafite comanda o ataque do empolgado Santa Cruz, chega para a estreia com dois títulos na bagagem em 2016.

O Santa ainda conta com outros bons jogadores para fazer uma campanha digna do seu retorno, especialmente Keno e João Paulo.

Santos: Lucas Lima

Lucas-Lima-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016-santos

O Santos joga hoje disparadamente o futebol mais bonito do futebol brasileiro. A troca de passes e rapidez, especialmente em contra-ataques fatais é marca registrada do time paulista e tudo isso deve-se muito a Lucas Lima.

O meia é o melhor jogador do Peixe e movimenta-se o tempo todo sempre buscando espaços, além de ter uma visão de jogo diferente no passe final. Gabigol e Ricardo Oliveira que o digam: os atacantes sabem que terão chances de gol em todos os jogos.

São Paulo: Paulo Henrique Ganso

Ganso-Ph-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Após anos de muitos questionamentos, Ganso parece ter reencontrado o bom futebol dos tempos de Santos com Bauza. Em dias inspirados, só falta fazer chover com passes, dribles e uma visão de jogo digna de aplausos.

O jogador ainda tem se caracterizado por entrar mais nas áreas adversárias e vem marcando seus gols. É o grande diferencial do irregular elenco do Tricolor.

Sport: Diego Souza

Diego-Souza-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Após uma curta passagem pelo Fluminense, Diego Souza voltou para o Leão com a missão de carregar o time que se desfez desde a sua saída. Com perdas importantes, o Sport já não tem o mesmo bom elenco que fez ótimo Brasileirão no ano passado e precisará muito das arrancadas do meia para ter um nacional mais tranquilo em 2016.

Vitória: Kieza

Kieza-melhores-jogadores-do-brasileirao-2016

Apesar do histórico pelo rival Bahia, Kieza voltou para Salvador após uma passagem relâmpago em São Paulo e desembarcou para defender justamente o rival do Tricolor.
Apesar da desconfiança do torcedor rubro-negro, que certamente terá menos paciência para erros do atacante, Kieza tem tudo para comandar o ataque do Vitoria. 

O jogador contará com a ajuda do carismático Marinho para tentar buscar vitórias com o clube baiano.

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Brasileirão

Stéfano Bozza

Escrito por Stéfano Bozza

Administrador, palmeirense e apaixonado por futebol em uma escala que vai de Copa do Mundo até quarta divisão do paulistão. Não recusa uma partida, mesmo que seja entre Catanduvense x Inter de Bebedouro.

Lists by Topic

see all
New Call-to-action