<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Mercado da bola: As 10 maiores contratações do futebol da China

mercado-da-bola-as-maiores-contratacoes-futebol-china.jpg

Crédito foto: Getty Images

Para todo fã de futebol, o mercado da bola é sempre um assunto que interessa. Todos os anos durante as janelas de transferências ficamos apreensivos e animados com as especulações e possibilidades de reforços. Para nós brasileiros o grande vilão sempre foi o mercado europeu. Sempre que um jogador se destaca por aqui, algumas vezes até antes disso, logo começam as especulações de que algum time europeu estaria interessado no futebol do jogador em questão. No entanto, nos últimos dois anos um novo mercado tem se destacado nas contratações de jogadores, o mercado chinês.

Donos da segunda maior economia do mundo, os chineses traçaram uma estratégia semelhante à que os japoneses elaboraram há alguns anos atrás para o futebol, ou seja, basicamente os clubes locais investem fortunas na contratação de bons jogadores, visando alavancar o nível técnico da liga local e incentivar o surgimento de novos talentos no próprio país. 

A médio e longo prazo, os clubes esperam obter um retorno através da venda de futuras promessas e do próprio consumo do futebol na China por parte da população. Potenciais torcedores-consumidores não faltam, uma vez que o país possui a maior população do planeta, com cerca de 1,3 bilhão de pessoas, e o futebol na China é uma atividade ainda pouco explorada.

Um ano atrás o presidente Xi Jinping afirmou ter três objetivos para o futebol chinês: garantir a participação em outra edição da Copa, conseguir a nomeação para sediar o evento e chegar a ser campeão do mundo. O governo chinês está correndo atrás desse objetivo e liberou os clubes para investirem grandes fortunas na contratação de bons jogadores, garantindo aos clubes isenções fiscais.

Sendo assim, os clubes chineses foram às compras e estão protagonizando algumas das maiores contratações do mercado da bola. Só com a contratação de jogadores, os clubes chineses investiram mais de 300 milhões de euros (quase R$ 1,5 bilhão) na janela de transferências do início de 2016. Veja abaixo as dez maiores contratações:

10° Fredy Guarín (Shanghai Shenhua): 13 milhões de euros

Fredy-Guarin-mercado-da-bola-As-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china.jpg

Crédito foto: Getty Images
O colombiano Fredy Guarín foi comprado pelo Shanghai Shenhua por 13 milhões de euros junto a Inter de Milão.

9° Demba Ba (Shanghai Shenhua): 13 milhões de euros

Após ser vice-artilheiro do Campeonato Turco com 18 gols pelo Besiktas, o atacante senegalês Demba Ba se juntou experientes meio-campistas Tim Cahill, australiano, e Mohamed Sissoko, malinês, no Shanghai Shenhua.

8° Paulinho (Guangzhou Evergrande): 14 milhões de euros

paulinho-corinthians-guang-evergrande-mercado-da-bola-As-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china

Crédito Foto: Reprodução/Facebook oficial Ricardo Goulart

Ídolo da torcida corintiana, Paulinho foi um dos pilares do Corinthians nas campanhas vitoriosas no Brasileirão de 2011 e na Copa Libertadores de 2012. Em 2013, se transferiu para o Tottenham, onde não obteve tanto sucesso. Em 2015 aceitou o convite e foi trabalhar com Felipão.

7° Ricardo Goulart (Guangzhou Evergrande): 15 milhões de euros

ricardo-goulart-guangzhou--mercado-da-bola-as-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china

Crédito Foto: Divulgação site oficial
Após se destacar e ser bicampeão com o Cruzeiro em 2013 e 2014, o meia Ricardo Goulart foi vendido e apresentado ao futebol chinês em janeiro em 2015.

6° Gervinho (Hebei China Fortune): 18 milhões de euros

gervinho-hebei-china-fortune--mercado-da-bola-As-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china

Crédito foto: Reprodução/Facebook oficial AC Roma

Assim como Ricardo Goulart, o atacante marfinense Gervinho deixou a Roma, da Itália, e desembarcou no futebol chinês em janeiro deste ano. 

5° Elkeson (Shanghai SIPG): 18.5 milhões de euros

elkeson-shanghai-sipg-mercado-da-bola-As-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china

Crédito foto: Reprodução/Facebook oficial Botafogo

Quando surgiu no Botafogo, Elkeson foi considerado uma grande revelação do país. Seu futebol habilidoso chamou a atenção do Guangzhou Evergrande que o comprou por cerca de 6 milhões de euros. Após se destacar pelo Guangzhou, Elkeson despertou o interesse do Shanghai, que o comprou por 18,5 milhões de euros no início deste ano.

4° Ramires (Jiangsu Suning): 28 milhões de euros

ramires-jiang-suning-mercado-da-bola-As-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china

Crédito Foto: Reprodução/Facebook oficial Ramires
Na época em que aconteceu (janeiro de 2016), esta foi a maior contratação da história do futebol chinês. Ramires deixou o badalado Chelsea para defender as cores do Jiangsu Suning. O jogador estava no Chelsea desde 2010, quando foi comprado por 17 milhões de libras junto ao Benfica de Portugal.

3° Jackson Martínez (Guangzhou Evergrande): 42 milhões de euros

Na época de sua contratação, o time chinês tinha o técnico brasileiro Felipão no comando da equipe e gastou 42 milhões de euros para retirar o jogador colombiano do Atlético de Madrid.

2° Alex Teixera (Jiangsu Suning): 50 milhões de euros

alex-teixeira-mercado-da-bola-As-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china

Crédito foto: Reprodução/Facebook oficial Alex Teixeira
O brasileiro, de 26 anos, estava no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia e foi comprado pela bagatela de 50 milhões de euros. Alex tornou-se a quarta maior contratação de um brasileiro em toda a história do futebol, ficando atrás apenas de Kaká, Hulk e Neymar.

1° Hulk (Shanghai SIPG): 55 milhões de euros

hulk-shanghai-sipg-mercado-da-bola-As-maiores-contratacoes-do-futebol-da-china

Crédito foto: Reprodução/Facebook oficial Hulk

O jogador brasileiro se transferiu nesta semana do Zenit, da Rússia, para o clube chinês, esta que se tornou a maior contratação da história do futebol asiático. Hulk jogará ao lado de outros quatro estrangeiros, o argentino Conca, o brasileiro Elkeson, o ganês Asamoah Gyan e o marfinês Evrard Kouassi.

Veja também:
Cartola FC: 6 dramas que todo cartoleiro já viveu
Veja 10 nomes estranhos de jogadores que disputam o Brasileirão
Rio 2016: 12 esportes com mais pódios brasileiros no século 21 

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Futebol, Botafogo, Futebol Chinês, Mercado da bola, China

Gustavo Massi

Escrito por Gustavo Massi

Formado em Relações Internacionais, escreve sobre esporte por prazer e torce pro Palmeiras por paixão.

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action