<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

6 momentos inspiradores para o São Paulo sair da zona de rebaixamento

momentos-inspiradores-para-o-sao-paulo-sair-da-zona-de-rebaixamento.png

Crédito foto: Rubens Chiri/Divulgação oficial do São Paulo FC

Com apenas cinco vitórias no Campeonato Brasileiro, o São Paulo voltou a entrar na zona de rebaixamento. São, ao todo, nove derrotas e quatro empates em 18 jogos, o que preocupa o torcedor são-paulino.

O ano não tem sido gentil para o Tricolor Paulista, que já sofreu com eliminações no Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Sul-Americana, além da saída de inúmeros jogadores e do próprio técnico Rogério Ceni. A chegada de Dorival Júnior ainda não embalou a reação do clube, porém a volta de Hernanes renovou as esperanças.

Nesse intuito, a equipe do Esportudo.com lembrou-se de alguns clubes que já passaram por essa mesma situação, mas que conseguiram escapar do fantasma do rebaixamento e permaneceram na Série A do Campeonato Brasileiro, e traz em uma lista especial abaixo, em ordem cronológica:

1. Internacional (1999)

Em 2016, o Inter não escapou do rebaixamento, mas em 1999 fez o que pode e conseguiu se manter na Série A do Brasileirão. Na ocasião, o Colorado precisava vencer o Palmeiras na última rodada do Brasileirão para fugir da Série B e, com gol de cabeça de Dunga, aos 36 minutos do segundo tempo, veio a vitória.

2. Grêmio (2003)

Em 2003, era a vez do Grêmio mover suas forças para não cair. Também na corda bamba até a última rodada, após passar mais da metade da competição no Z4, o clube encarou o Corinthians e precisava da vitória, que não veio com dificuldade. O time gaúcho venceu o Timão por 3 a 0, com gols de George, Bruno e Anderson Lima.

esportes-instagram

3. Fluminense (2009)

Uma das histórias mais conhecidas e inspiradoras talvez seja a do Fluminense, que a 10 rodadas do fim do Brasileirão era o lanterna, com 22 pontos. Dos dez jogos, o Tricolor Carioca venceu sete e precisava apenas de um empate na última rodada para se manter na Série A da competição. A partida final era contra o Coritiba – que também estava no Z4 –, no Couto Pereira, e o meia Marquinho foi o dono do gol que salvou o clube da Série B no empate contra o Coxa.

4. Botafogo (2009)

Além do Fluminense, o Rio de Janeiro podia perder outro clube grande para a Série B do Brasileirão. Na última rodada do Brasileirão, o Botafogo precisava vencer o Palmeiras no Engenhão para não jogar na Série B no ano seguinte e o resultado veio: 2 a 1 diante do Verdão, com gols de Wellington e Jobson.

5. Cruzeiro (2011)

Antes de chegar ao bicampeonato brasileiro em 2013 e 2014, a Raposa passou por bons sufocos para não jogar a Série B. Na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2011, o time precisava vencer nada mais, nada menos, que o rival Atlético-MG. O resultado surpreende: 6 a 1, com gols de Fabrício, Roger, Anselmo Ramon, Everton, Wellington Paulista e Leandro Guerreiro. 

facebook-de-esportes

6. Palmeiras (2014)

Um dos maiores rivais do São Paulo, o Palmeiras lutou mais recentemente contra o rebaixamento. Em 2014, o time chegou à última rodada precisando de uma vitória diante do Atlético-PR, no recém-inaugurado Allianz Parque. O resultado da partida foi um empate, porém, com a derrota do Vitória contra o Santos, o Verdão conseguiu se manter na Série A.

E aí, torcedor, acha que o Tricolor Paulista pode se inspirar nesses momentos e fugir da Segundona? Deixe seu comentário abaixo e não se esqueça de conferir outras matérias como essa.

Veja também:
Deu ruim! 5 jogadores que se deram mal comemorando gol
Top 8 promessas que não vingaram no futebol brasileiro
Veja as 10 torcidas mais animadas do futebol mundial

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Futebol, São Paulo, Cruzeiro, Fluminense, Botafogo, Grêmio, Palmeiras, Internacional, Futebol brasileiro, Brasileirão, campeonato brasileiro, Série B, rebaixamento, Dorival Júnior, Zona de rebaixamento, Momentos inspiradores

Stephanie Contiero

Escrito por Stephanie Contiero

Stephanie Contiero é formada em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos, é amante da gramática e não perde a chance de idolatrar o futebol. São-paulina de carteirinha, traz textos opinativos sobre o clube, com uma leitura leve e dinâmica

Lists by Topic

see all
New Call-to-action