<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top 8 promessas que não vingaram no futebol brasileiro

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro

Crédito foto: Getty Images

O futebol brasileiro é rico em craques. Todo ano temos algum time revelando um deles e já o comparando com os maiores jogadores do mundo, só que não é todos que aguentam a pressão e vira o jogador que todos imaginaram.

Tem alguns que o caminho muda e não vira o atleta que todos pensaram que seria. Diante disso, o Esportudo elaborou um Top 8 que eram promessas na base e não vingaram em seguida.

8. Jean Chera (meia/atacante)top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-jean

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial Cuiabá Esporte Clube

O primeiro jogador que a internet consagrou, conhecido como o “Messi do Mato Grosso”, Jean Chera chegou aos Santos com 10 anos, considerado joia ao lado de Gabriel Barbosa e Neymar. Sempre blindado pela diretoria santista para assinar o seu primeiro contrato com o time, mas na hora das negociações o pai e empresário acabou pedindo alto demais e o Peixe desistiu da negociação. Rodando por vários times no mundo, não conseguiu nem chegar perto do sucesso que todos imaginavam, atualmente joga no Sinop de Mato Grosso.

7. Tiago Luís (meia/atacante)

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-tiago

Apelidado de “Messi brasileiro”, Tiago começou a ganhar mídia em 2008, quando disputou a Copa São Paulo pela equipe do Santos, onde foi artilheiro, gerando interesse do Real Madrid, mas renovou por cinco anos com o clube e teve a multa estipulada por 30 milhões de euros. Não jogando o que todos imaginaram, rodou clubes no Brasil, mas não com muito sucesso. Atualmente joga no Goiás.

6. Lulinha (meia/atacante)

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-lulinha

A joia alvinegra! Era assim que Lulinha era considerado na base do Corinthians. Destaque do Sub-17 no Sul-Americano em 2007, conseguiu um contrato de cinco anos e teve sua multa contratual em 50 milhões de dólares. Subiu para os profissionais, mas nunca foi o jogador que todos imaginaram que seria, decepcionando a diretoria e principalmente a torcida, que tinha a sua esperança depositada para levar o time às glórias novamente. Atualmente, joga no Pohang Steelers, da Coreia do Sul.

5. Lenny (atacante)

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-leny

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial do Palmeiras

esportes-instagram

Revelado pelo Fluminense, estreou profissionalmente no final de 2005, mas foi em 2006 que seu futebol começou a ganhar a atenção da mídia brasileira, mas ficou só por aí. Não conseguiu repetir as boas atuações e foi vendido em 2008 ao Palmeiras, mas também não empolgou por lá. Rodou vários times brasileiros e no futebol japonês. Atualmente, não tem nenhum clube e já se considera um ex-jogador.

4. Kerlon (meia/atacante)

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-kerlon

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial Spartak Trnava

Conhecido como Foquinha, por causa do seu famoso drible, Kerlon era destaque da base do Cruzeiro. Estreou profissionalmente em 2005, mas nunca jogou o que todos pensaram que jogaria. Em 2008 foi vendido para a Inter de Milão, não conseguiu ter uma sequência, rodou vários outros clubes pelo mundo e atualmente joga no Spartak Trnava, da Eslováquia.

3. Keirrison (atacante)

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-keirrison

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial Arouca

Keirrison foi revelado na base do Cene (MS). Saiu de lá em 2006 e foi para o Coritiba onde disputou a Copa São Paulo e foi vice-artilheiro. Na Série B em 2007, foi o artilheiro da equipe e ajudou no acesso. Em 2008, foi o artilheiro do ano no Brasil tendo seu nome cogitado para uma futura convocação para a Seleção Brasileira. Em 2009 se transferiu para o Palmeiras, após cinco meses, se transferiu para o Barcelona, mas nunca jogou por lá. Rodou por outros clubes da Europa, mas nunca conseguiu repetir as atuações que teve no começo da sua carreira. Atualmente joga no Arouca, de Portugal.

2. Paulo Henrique Ganso (meia)

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-ganso

Crédito foto: Fotospublicas.com / Rafael Ribeiro

Ganso chegou ao Santos em 2005 depois de passagens na equipe de futsal da Tuna Luso e na base do Paysandu no futebol de campo. O meia começou a se destacar em 2008, na Copa São Paulo, após o torneio, Ganso foi promovido ao time principal. A má fase do time afetou o desempenho do craque, fazendo ele ser pouco notado no Campeonato Brasileiro. Em 2010 ganhou o prêmio de melhor jogador da Copa do Brasil, ganhando destaque na mídia e sendo considerado melhor que Neymar. As várias lesões atrapalharam a carreira do jogador, que em 2012 se transferiu para o São Paulo Mesmo tendo algumas partidas que lembrassem o Ganso do Santos, não se destacou tanto pelo Tricolor Paulista. Atualmente joga pelo Sevilla, da Espanha.

1. Alexandre Pato (atacante)

top-promessas-que-nao-vingaram-no-futebol-brasileiro-pato

Crédito foto: Getty Images

Comparado com Ronaldo e tendo até gente dizendo que seria melhor, Alexandre Pato chegou ao Internacional em 2000. Em 2006, com apenas 16 anos, foi escalado para jogar o Brasileiro Sub-20, com atletas até quatro anos mais velhos. Mesmo assim, foi artilheiro, melhor jogador e campeão em cima do Grêmio. No final do ano, foi inscrito no Mundial de Clubes e se tornou o jogador mais jovem em campo em um torneio organizado pela FIFA. Com 17 anos foi vendido para o Milan como a segunda maior venda na época.

Vendo pelos números de partidas e números de gols, Pato teve uma boa passagem no Milan, mas não foi o jogador que todos imaginariam. As lesões sempre foram frequentes na carreira do jogador, onde atrapalhou seu desenvolvimento. Foi vendido para o Corinthians por 43 milhões de reais em 2013, sendo a maior contratação da história de um clube brasileiro, mas ele não fez valer o dinheiro gasto, sendo emprestado para o São Paulo e o Chelsea. Foi vendido para o Villareal, onde ficou menos de seis meses, foi vendido para o Tianjin Quanjian, onde permanece atuando.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Top 7: Jogadores mais jovens a marcar no Brasileirão
Veja os técnicos que estão nos cargos há mais tempo no Brasil
Há 6 anos, Neymar e Ronaldinho eram protagonistas de um jogo épico

Veja Mais Notícias Assim

 

Categorias: Futebol, Futebol brasileiro, Promessas, Top, bRASILEIRO, vingaram

Daniel Avila

Escrito por Daniel Avila

Natural do Rio de Janeiro. Estudante de jornalismo e apaixonado por esporte. Tenta jogar basquete e futebol

Lists by Topic

see all
New Call-to-action