<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Lembra deles? 10 jogadores brasileiros "esquecidos" na Europa

lembra-deles-jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa

Crédito foto: Getty Images

O Brasil é um país que exporta muitos jogadores para todo mundo. Dentre todos os destinos selecionados pelos mesmos e seus empresários, a Europa sempre foi, e ainda é, apesar do crescimento chinês, o favorito para tentar uma vida nova no futebol.

Centenas de atletas saem daqui todos os anos e têm seu rumo marcado para times de pequena ou média expressão, visando uma possível mudança para os de ponta. Porém, por uma questão óbvia, não serão todos que chegarão nesse patamar, ficando longe da memória dos torcedores brasileiros.

Por isso, o Esportudo preparou uma lista com dez jogadores brasileiros que estão "esquecidos" na Europa. Vamos ver! 

1. Gomes – Watford (ING)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-gomes

O goleiro começou sua carreira no Cruzeiro, atuando na incrível campanha que levou o time à tríplice coroa, em 2003. Depois do grande feito celeste, ele foi para o futebol internacional, onde jogou por quatro anos na Holanda, defendendo as cores do PSV. Lá, conseguiu conquistar a Copa da Holanda uma vez e quatro títulos seguidos da Enredivisie. Sua passagem vitoriosa pelo time de Eindhoven lhe deu a oportunidade de defender a Seleção Brasileira, onde conquistou duas Copas das Confederações, em 2005 e 2009. Em 2008, foi para a Inglaterra, atuando pelo Tottenham, sem ganhar títulos e depois foi emprestado para o Hoffenheim, 2013. Atualmente, com 36 anos, joga pelo Watford, atuando na maioria dos jogos.

2. Rafael – Lyon (FRA)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-rafael

O lateral carioca começou cedo, sendo chamado pelo Fluminense ainda novo, junto de seu irmão gêmeo. Antes de poder atuar profissionalmente pelo Tricolor, foi sondado pelo Manchester United, com quem assinou contrato para jogar na Inglaterra em 2008. Pelos diabos vermelhos, conquistou três títulos ingleses, três Supercopas nacionais, uma Copa Inglesa e a Copa do Mundo de Clubes, ainda em 2008. Participou das seleções de base e conquistou a medalha de prata nas Olímpiadas de Londres, em 2012. Hoje, tem 26 anos e joga pelo Lyon.

3. Sidnei – Deportivo La Coruña (ESP)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-sidnei

Tendo iniciado no Internacional e conquistado títulos na seleção de base, o zagueiro começou no profissional em 2007, ganhando, por seu clube, a Recopa Sul-Americana e o Campeonato Gaúcho. Transferido para o Benfica, de Portugal, chegou a conquistar com o elenco principal duas Taças da Liga e um Campeonato Português, nas temporadas de 2008/09 e 2009/10. Após esse período, jogou pela equipe B do time português, até ser emprestado para o Bsiktas (Tur), Espanyol (Esp) e, hoje, continua sendo emprestado. Dessa vez, para o Deportivo La Coruña.

4. Mariano – Sevila (ESP)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-mariano

Por clubes brasileiros, o lateral direito teve muitas passagens, notando-se Guarani, Cruzeiro, Atlético Mineiro e Fluminense. Em 2012, foi para o Bordeaux, da França, e depois de três anos lá, chego ao Sevilla. Conquistou o Campeonato Brasileiro em 2010, a Copa da França em 2012/13 e a Liga Europa, em 2015/16. Com a chegada do técnico Tite à seleção, Mariano ganhou mais visibilidade por aqui, visto que já era considerado importante na Europa, com interesse de grandes clubes, e foi convocado para a seleção para jogar as eliminatórias da Copa, contra o Paraguai, depois de Daniel Alves ser suspenso por cartão amarelo.

5. Bruno Peres – Roma (ITA)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-bruno

De todos os citados na lista, talvez esse seja um dos que mais é lembrado pelo torcedor. Começou a jogar pelo Audax de São Paulo e passou por Bragantino e Guarani até chegar no Santos, em 2012, onde ficou até 2014 e foi para o Torino, da Itália. No time da Vila, conquistou a Recopa Sul-Americana em 2012. Dois anos após a chegada a Turin, em 2016, Bruno Peres foi para o Roma, também da Itália, onde permanece nos dias atuais.

6. Danilo – Udinese (ITA)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-danilo

Num país conhecido por ter defesas fortes e difíceis de serem vazadas, o zagueiro Danilo atua pela Udinese, clube onde já jogou Zico, desde 2011. Iniciando no Paulista de Jundiaí, em 2005, foi contratado pelo Atlético Paranaense, onde chegou à final da Libertadores daquele ano, vencida pelo São Paulo. Passou pelo Palmeiras entre 2009 e 2011, quando foi vendido para a Udinese. Pelo Ituano, em 2003, conquistou a Série C do campeonato nacional.

7. Lima – Nantes (FRA)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-lima

Quando muito jovem, foi revelado pelo Criciúma, atuou por Internacional, Paraná, Botafogo, Goiás e ABC. Em 2015 foi jogar em Portugal pelo Arouca e no ano seguinte foi transferido para o Nantes, da França, onde atua até hoje. Foi campeão somente de dois campeonatos estaduais, no Rio Grande do Sul e no Norte. Atualmente, tem 25 anos e tem contrato com o time francês por quatro anos.

8. Guilherme – Deportivo La Coruña (ESP)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-guilherme

O volante é outros dos jogadores que ainda podem estar frescos na mente do torcedor. Começou sua trajetória na Portuguesa, entre 2009 e 2012. No último ano de passagem pela Lusa, acertou com o Corinthians, onde jogou por mais dois anos. Em 2014 foi comprado pela Udinese, da Itália, para dois anos depois, ser emprestado ao Deportivo La Coruña. Seus títulos pelo profissional aconteceram somente no Brasil, sendo um Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão pela Portuguesa e um campeonato estadual e uma Recopa Sul-Americana pelo time do Parque São Jorge, entre 2011 e 2013.

9. Allan – Napoli (ITA)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-allan

Promovido para o profissional do Vasco em 2009, Allan foi muito bem na disputa da Série B, mas se machucou no ano seguinte, voltando a atuar com frequência somente no ano de 2011, quando foi vice-campeão brasileiro pelo mesmo Vasco e chegou às quartas da Libertadores do ano seguinte. Sua boa passagem pelo Cruzmaltino o fez ser vendido para a Udinese, onde atuou de 2012 a 2015. Nesse ano, foi transferido para o Napoli, onde atua até os dias de hoje. Teve também carreira curta na Seleção Sub20 do Brasil, sendo campeão da Copa do Mundo da categoria, além de ganhar a Copa do Brasil de 2011 e a Série B de 2009.

10. Willian José – Real Sociedad (ESP)

jogadores-brasileiros-esquecidos-na-europa-willian-jose

Começou no Grêmio Barueri, de São Paulo, e jogou por São Paulo, Grêmio e Santos no Brasil. Em 2014 foi à Espanha, jogar pelo Real Madrid (mas passou pelo time B merengue, o Real Castilla, num primeiro momento). Após atuações apagadas, transitou por Real Zaragoza, Las Palmas e, hoje, tem contrato com a Real Sociedad. Apesar da pouca estabilidade nos clubes por onde passou, ainda conseguiu conquistar a Copa Sul-Americana em 2012, a UEFA Champions League na temporada 2013/14 e a Copa del Rey na mesma época.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Após sorteio, final da Champions League pode ter Leicester ou Monaco
Brasileira, Italiana, Espanhola: Top 5 melhores competições do mundo
De coadjuvantes a protagonistas: 10 heróis improváveis do futebol

Veja Mais Notícias Assim

 

Categorias: Futebol, Futebol Internacional, Seleção Brasileira, Brasileiros, Jogadores, Europa, Lembra, jogadores brasileiros, esquecidos

Tadeu Chainça

Escrito por Tadeu Chainça

Estudante de jornalismo, viciado em esportes, tento sempre ver tudo de forma imparcial. Nem sempre consigo.

Lists by Topic

see all
New Call-to-action