<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Fórmula 1: Ayrton Senna é o maior campeão do GP de Mônaco; veja Top 7

formula-1-ayrton-senna-e-o-maior-campeao-do-gp-de-monaco-veja-top.png

Crédito foto: Divulgação / Site oficial do Ayrton Senna

GP Mônaco, disputado tradicionalmente no último final de semana de maio nas ruas de Monte Carlo, é um dos mais tradicionais no calendário da Fórmula 1. O circuito, com 3.337 metros, é o menor entre todos os GPs e exige muita habilidade e precisão dos pilotos, já que não há retas. Confira, abaixo, o Top 7 dos maiores campeões desta corrida:

7. Nico Rosberg (2013, 2014 e 2015)

Nico-Rosberg.jpg

Crédito foto: Reprodução / site oficial de Nico Rosberg

O atual campeão da Fórmula 1, teve sua primeira vitória em Mônaco em 2013 após ter largado na pole position e liderado durante toda a prova, conquistando assim sua segunda vitória pela F1. Em 2014, largou novamente na pole position e foi campeão.

Em 2015, após largar em segundo e assumir a liderança na 64º volta, depois de um erro da Mercedes que deixou Lewis Hamilton (que havia liderado até então), na terceira posição, Rosberg conquistou sua terceira vitória consecutiva neste GP, tornando-se o quarto piloto na história a ter tal feito.

6. Jackie Stewart (1966, 1971 e 1973)

Jackie-Stewart.jpg

Crédito foto: Divulgação / Site oficial da F1

Considerado um dos maiores pilotos da história, o tricampeão Jackie Stewart venceu três vezes este GP. Em 1966, após largar em terceiro, Jackie conquistou a primeira vitória. Em 1971, largou em primeiro e manteve a liderança até o final, assim como em 1973.

New Call-to-action

5. Stirling Moss (1956, 1960 e 1961)

Stirling-Moss.jpg

Crédito foto: Divulgação / site oficial da Mercedes-Benz

Moss competiu na chamada Era de Ouro da F1, entre 1951 e 1961, e é considerado o melhor piloto a não ter conquistado o campeonato, tendo ficado com o segundo lugar quatro vezes.

Em 1956, após largar em segundo e deixar o argentino Juan Manuel Fangio para trás ao assumir a liderança, Sir Stirling conquistou sua primeira vitória.

Em 1960, largou na liderança e a manteve até o final, quando terminou com mais de um minuto de vantagem sobre o segundo colocado. Repetiu o feito em 1961, seu último ano na F1.

4. Alain Prost (1984, 1985, 1986 e 1988)

Alain-Prost.jpg

Crédito foto: Divulgação site oficial da McLaren

Campeão mundial por quatro vezes, Alain Prost trouxe para a Fórmula 1 o estilo de pilotagem que poupava os componentes do carro (como gasolina e pneus) durante a prova para que as grandes acelerações acontecessem somente nos momentos decisivos.

Em 1984, após largar na pole position, Prost liderava até ser ultrapassado por Senna na última volta, mas de acordo com o regulamento a vitória foi concedida a Prost, que liderava antes da bandeira vermelha, na 32ª volta.

Em 1985, após largar em 5° e assumir a liderança na 18ª, e depois na 32ª volta, Prost foi um dos três únicos pilotos que completaram as 78 voltas da prova naquele dia.

Em 1986, a liderança foi disputada entre Prost e Senna durante a prova inteira. Prost largou na pole position e liderou até a 34ª volta, quando Senna assumiu a primeira posição e lá ficou até a volta de número 41, quando Prost reassumiu a liderança e venceu a prova.

Em 1988, todos queriam saber quem estaria ao lado de Senna na primeira fila do grid. Foi Alain Prost quem assumiu a liderança após uma batida de Senna na 66ª volta, e conquistou sua última vitória por lá.

3. Michael Schumacher (1994, 1995, 1997, 1999 e 2001)

Michael-Schumacher.jpg

Crédito foto: Divulgação / site oficial de Michael Schumacher

Com sete títulos mundiais, Michael Schumacher está, estatisticamente, acima de outras lendas como Jackie Stewart, Alain Prost e Ayrton Senna, e detém uma série de recordes, como voltas mais rápidas, maior número de campeonatos, vitórias, pole positions, pontos marcados e mais corridas ganhas em uma única temporada. Michael e seu irmão, Ralf Schumacher, são os únicos irmãos a vencer corridas na F1 e eles foram os primeiros irmãos 1° e 2° lugar na mesma corrida, em Montreal (2001) e novamente em 2003.

Em 1994, o GP de Mônaco foi o primeiro após as mortes de Roland Ratzenberger e Senna em San Marino. Nele, Schumacher conquistou sua primeira pole position. Um ano depois, Schumacher largou em 2º e assumiu a liderança ao ultrapassar Damon Hill– ganhou a corrida com mais de trinta e quatro segundos de diferença para o segundo colocado.

Em 1997, com a volta mais rápida novamente, Schumacher venceu após ter largado em 2°. Em 1999, o mesmo aconteceu, mas seu tempo foi o 3°. Em 2001, o primeiro lugar foi disputado entre Schumacher e Rubens Barrichello, que terminaram a corrida com apenas 431 centésimos de diferença, dando a vitória para Schumacher. Foi a última vitória do alemão por lá.

2. Graham Hill (1963, 1964, 1965, 1968 e 1969)

Graham-Hill.jpg

Crédito foto: Divulgação / Site oficial da F1

Mr Mônaco, apelido que Graham Hill recebeu após as cinco vitórias no circuito, é o único piloto a vencer a Tríplice Coroa do Automobilismo: 24 Horas de Le Mans (1972), 500 Milhas de Indianápolis (1966) e GP de Mônaco.

Em 1963, após largar em 2° e o 1° colocado, Jim Clark, ter problemas na caixa de velocidades, Graham Hill venceu sua primeira prova por lá. Um ano depois, Hill teve a volta mais rápida e foi o único piloto a completar as 100 voltas da época.

Em 1965, novamente Hill teve a volta mais rápida da corrida, e manteve a primeira posição do início ao fim. Três anos mais tarde, apenas cinco pilotos chegaram ao fim da prova, entre eles Graham Hill que largou e terminou em primeiro. 

Em 1969, após os três primeiros colocados terem problemas no carro, Hill assumiu a liderança e venceu seu último GP de por lá.

facebook-de-esportes

1. Ayrton Senna (1987, 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993)

Ayrton-Senna.jpg

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial da F1

Ayrton Senna, o Rei da Chuva e Rei de Mônaco (ou Mr Mônaco) – título concedido após ter batido o recorde de Graham Hill, é considerado por jornalistas especializados, pilotos e torcedores como o melhor piloto da história da F1. No auge de sua carreira, foi considerado o maior ídolo do Brasil. Duas décadas depois de sua morte, em 2014, uma nova pesquisa mostrou que Senna continuava sendo avaliado como o maior ídolo do país.

Em 1987, com a volta mais rápida e liderando a prova por 48 voltas, Ayrton Senna conquistou a primeira vitória de um brasileiro em Mônaco. Este GP também ficou marcado pelo banho de champanhe que Senna deu no Príncipe Rainier.

Em 1989, a diferença entre Alain Prost e Senna foi de vinte segundos, devido a um acidente envolvendo Nelson Piquet na curva Loews. Ambos mantiveram as posições do grid de largada e Senna conquistava sua segunda vitória no circuito.

Em 1990, a previsão era que o resultado do ano anterior se repetisse, não fosse o acidente de Prost na 30ª volta. Senna completou as 78 voltas no tempo recorde de 1h52min45s, ficando mais de um minuto à frente do segundo colocado, e ainda teve a volta mais rápida. Era a terceira vitória de Senna neste GP e a Família Real pediu a McLaren que ele não repetisse o banho de champanhe que havia dado no príncipe em 1987. Ao invés disso, quem tomou o banho foi Ron Dennis, chefe da equipe.

Em 1991, Senna praticamente garantiu sua pole position nos treinos de quinta, e no sábado garantiu mais dois segundos. Na largada, já assumiu a liderança e na 15ª volta abriu vantagem sobre o segundo colocado, que manteve até o final da corrida. Foi sua 40ª vitória na Fórmula 1.

Em 1992, após largar em terceiro e ultrapassar os dois primeiros colocados, Nigel Mansell e Riccardo Patrese, Senna garantiu sua vitória com diferença de centésimos sobre Mansell.

Em 1993, a última vez que Senna correu nas ruas de Monte Carlo, ele largou em 3° lugar. Assumiu a liderança após Schumacher, o segundo, ter problemas no carro, e após ultrapassar Alain Prost, que ficou com a quarta posição. Terminou a corrida com quase um minuto de diferença para Damon Hill – filho de Graham Hill.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
12 verdades sobre as 500 Milhas de Indianápolis que você precisa saber
Entenda como a cultura influencia na nossa paixão por esporte
7 comentários e previsões sobre a Fórmula 1 após o GP da Espanha

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Fórmula 1, Ayrton Senna, Automobilismo, Top 10, Motor, Alain Prost, GP de Mônaco, Michael Schumacher

Caroline Pinezi

Escrito por Caroline Pinezi

Estudante de jornalismo por amor a escrita e ao esporte. Apaixonada pela emoção que as pistas, os gramados e as arquibancadas trazem.

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action