<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Musculação: erro na execução pode provocar dor na coluna e até lesão

musculacao-erro-na-execucao-pode-provocar-dor-na-coluna-e-ate-lesao

Crédito foto: Getty Images

Seja para emagrecer ou para definir a musculatura, muitos recorrem às academias para praticar musculação. De fato, realizando os exercícios de peso com regularidade é possível adquirir um corpo invejável por homens e mulheres. Mas, você sabia que quando os treinamentos são praticados em posição inadequada pode causar dores nas costas e até mesmo uma lesão?

O médico neurocirurgião Paulo Porto de Melo explica que qualquer deslize nos exercícios de força é capaz de gerar lesões nas costas. “Essas lesões podem evoluir para os denominados abaulamentos discais, que é uma consequência da degeneração dos discos intervertebrais da coluna”, diz Melo.

Efeitos

A princípio, o praticante pode sentir leves dores na região lombar, que podem se irradiar para outras partes do corpo como braços e pernas. “Nos programas de treinos é comum que os alunos realizem movimentos repetitivos com excesso de peso. Contudo, se a atividade for exercida erroneamente, é capaz de causar um desgaste das cartilagens da área vertebral, levando a problemas como hérnias de disco e modificações nas curvaturas normais das costas”, descreve o especialista.

Outro problema é que a prática incorreta dos movimentos de flexão e de torção da região podem evoluir para espondilolistesis, que é quando acontece um deslizamento de determinada vértebra sobre outra. “Todos os exercícios devem ser realizados com a região vertebral em alinhamento para evitar as lesões. É importante que o treino seja acompanhado por um professor ou preparador físico para que ele indique a melhor forma de praticá-lo”, sugere o neurocirurgião.

Não ignore a dor

É importante ressaltar que o aparecimento de dores na região lombar após a realização de atividades físicas não deve ser ignorado, pois é um sinal de que algo não vai bem por ali. “Muitas vezes, as lesões se agravam pela falta de diagnóstico precoce e devido tratamento. Se a dor permanecer por mais de três meses, o ideal é buscar um especialista e evitar a automedicação, pois elas atuam apenas diminuindo a intensidade das dores e não trata o problema devidamente”, alerta o médico.

Existem diversas técnicas minimamente invasivas para o tratamento das dores nas costas. Contudo, o procedimento será recomendado de acordo com o grau da lesão. “O tratamento deve iniciar o quanto antes para evitar danos maiores na coluna vertebral”, finaliza Melo.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Treino Funcional: saiba como proceder para alcançar seus objetivos
Seu metabolismo é lento ou acelerado? Confira dicas de um especialista
Lupa comenta pontos positivos e negativos do CrossFit após os 40 anos

Veja Mais Notícias Assim

 

Categorias: Saúde e Nutrição, Musculação, Dor, coluna, execução, erro

Guilherme Derrico

Escrito por Guilherme Derrico

Jornalista formado pela Universidade Guarulhos (UNG), pós-graduado em 'Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte’ (FMU) e em 'Comunicação em Redes Sociais’ (FMU). Apaixonado por esportes em geral.

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action