<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Sinal amarelo para o Corinthians: a oscilação que pode custar o título

torcedores-do-corinthians-preocupados.png

Crédito foto: Divulgação Site Oficial do Clube / Bruno Teixeira

O time do Corinthians do primeiro semestre ficou para trás. O atual (mesmo elenco) parece ter perdido o foco da competição e começa a se preocupar com a liderança que pode estar ameaçada. Sábado, 19 de agosto de 2017. Corinthians 0 x 1 Vitória, em Itaquera. Até aí tudo normal para o líder do Brasileirão.

Sábado, 26 de agosto de 2017. Corinthians 0 x 1 Atlético Goianiense, em Itaquera. Completamente anormal o líder perder para o lanterna da competição. Mas ok. Para os otimistas, uma hora o time iria deslizar no campeonato.

Domingo, 10 de setembro de 2017. Santos 2 x 0 Corinthians, em Santos. A terceira derrota em quatro jogos desde o returno do Brasileirão. Se a primeira parte da competição encheu os olhos dos torcedores, esse segundo turno já faz muita gente coçar a cabeça e se perguntar: E agora? Será que o Alvinegro fica mesmo com o título?

RobertoDeAndrade.jpg

Crédito foto: Daniel Augusto Jr/ Divulgação Oficial do Clube

A dúvida do Timão deixa em alerta os demais times que buscam o título, Grêmio, Santos e Palmeiras. Mas, afinal de contas, o que fez o Corinthians começar a deslizar no campeonato e perder pontos praticamente ganhos?

Desgaste físico

A primeira, e mais válida tese, é de que o desgaste uma hora iria chegar ao time. É muito difícil ver um time brasileiro manter o mesmo ritmo de jogo durante um longo período de tempo e disputando várias competições. O Timão conseguiu esse ritmo por um bom tempo, mas agora o time vem demonstrando cansaço.

Os adversários aprenderam a jogar contra

A segunda tese é de que os times aprenderam como o Alvinegro do Parque São Jorge atua. Com uma formação padrão, seus laterais apoiando o ataque sempre que possível, alas que ajudam na recomposição de zaga e um fortíssimo contra-ataque, o time acaba sendo mais bem estudado pelas demais equipes. Vale ressaltar que o time não tem um elenco recheado de jogadores o que torna mais fácil ainda em seu estudo individual.

esportes-instagram

Gestão do clube

A terceira tese é de que a desorganização na atual gestão do clube começou a refletir dentro de campo. A possibilidade de atraso de salários e direito de imagens não pagos aos jogadores faz com que o desempenho diminua dentro de campo. 

O time já não marca como antes, a zaga começou a bater cabeça durante os jogos e a oscilação de intensidade dos jogadores fica evidente durante as partidas. Cabe ao professor Carille e seus jogadores se analisarem enquanto é tempo, pois o Campeonato Brasileiro não acaba agora e os clubes estão só aguardando mais um deslize do Timão.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!


Veja também:
Exclusiva: Jornalista não pode torcer? Comentarista da ESPN explica
10 melhores contratações da janela de transferências europeia
Curte futebol? Então você precisa ler esses 4 livros

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Santos, Corinthians, Futebol brasileiro, Arena Corinthians, Roberto de Andrade, Título, Carille

Renan Malveira

Escrito por Renan Malveira

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action