<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Quem será o artilheiro do Brasileirão 2017? Confira alguns candidatos

diego-souza-sport.png

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial do clube / Williams Aguiar

A Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol masculino de 2017 já iniciou no último dia 13 de tem de volta, além da acirrada competição pelo título, outras disputas a parte como a busca pela artilharia. Até hoje, o maior artilheiro de uma única edição do campeonato foi Washington – Coração Valente – que em 2004 anotou impressionantes 34 gols pelo Atlético-PR. Porém, em 2016, o nível dessa disputa parece ter caído. O torneio que costumava ter em média artilheiros com 20 gols, teve na última edição Fred, William Pottker e Diego Souza empatados em primeiro, com apenas 14 gols cada - três a menos que a até então pior marca na era dos pontos corridos, em 2006, de Souza, pelo Goiás. Entretanto, em nenhuma outra edição houveram três nomes, fato que reforça a competitividade da disputa.

Assim, o Esportudo separou alguns dos principais candidatos que em 2017 podem figurar entre os goleadores do Brasileirão. Confira um pouco sobre a história, números e retrospecto deles!

Fred

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-fred

Crédito foto: Divulgação / Fotospublicas.com

Hoje com 33 anos, o jogador começou sua trajetória na Série A do campeonato nacional em 2004 pelo Cruzeiro. Logo em seu primeiro ano anotou 14 gols na competição mais disputada do país, foi o goleador do time e deixou sinais de que seria um excelente camisa nove.

Até 2009 jogou no Lyon, da França, e fez 34 gols em 88 jogos na Ligue 1. Porém, foi só nos sete anos no Fluminense que se provou para os brasileiros como um grande atacante, com notável faro de gol. Foi quem mais marcou gols do Brasileiro por duas vezes, 2012 e 2014, com 20 e 18 gols respectivamente e teve média de 12,7 gols por Campeonato Brasileiro. Em 2016, vestindo as cores do Atlético MG, Fred anotou 14 vezes, sendo dois pelo Fluminense. Foi artilheiro da competição pela terceira vez em sua carreira e o primeiro a marcar por dois times diferentes em um mesmo torneio.

Destro e de bom cabeceio, muito aprimorado taticamente, fatal na grande área e hoje muito experiente, o maior goleador da história dos pontos corridos tem em 2017 a imponente marca de 17 gols em 19 jogos e, com o suporte de um dos melhores elencos do Brasil, chega à edição de 2017 como principal esperança de gols do Galo e favorito concorrente na busca pela artilharia. 

Guerrero

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-guerrero

Crédito foto: Divulgação / Fotospublicas.com

Paolo Guerreiro, hoje com 33 anos, deu seus primeiros passos no futebol nas categorias de base do Alianza Lima, do Peru. Desde pequeno se destacou, a começar pelos mais de 200 gols marcados na base do clube peruano. Com passagens pelo Bayern de Munique e Hamburgo, na Alemanha, chegou ao Corinthians em 2012, recebeu a camisa nove, fez dois gols no Mundial de Clubes, garantiu o título corintiano e pôs seu nome na história do clube, se afirmando como um grande atacante.

Ao fim de sua passagem pelo Timão, Guerrero marcou 52 gols em 126 jogos, sendo 20 em Brasileirões, se tornando o maior goleador estrangeiro do clube, com média de 0,41 gols por jogo. Em 2015, Paolo chegou ao Flamengo, porém, só a partir de 2016 que o peruano conseguiu apresentar seu melhor jogo, com 18 gols na temporada. Com ótimo chute, cabeceio e sede de gol, Paolo Guerrero não é apenas um atacante de área. Sabe jogar fora dela, inclusive assistindo seus companheiros a gols, e tem habilidade e controle de bola melhores que a maioria dos atacantes.

Em 2017, Paolo tem o melhor começo de temporada da vida. Com 12 gols em 18 jogos, tem média bastante superior a todas as outras de sua carreira. O peruano vem motivado. Com 34 gols em 81 jogos com a camisa rubro-negra, Guerrero tem tudo para ser o "matador" da competição, alavancado pelo vasto elenco de muita qualidade do time, pelo o que se espera da equipe flamenguista e pela grande fase que vive. 

Borja 

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-borja

Crédito foto: Reprodução / Instagram Oficial do cuble

New Call-to-action

Borja chegou ao Palmeiras com imenso destaque, talvez até desproporcional para o jogador que é. Com apagada passagem pelo futebol italiano, a maior contratação da história do atual Campeão Brasileiro tem a difícil tarefa de substituir Gabriel Jesus, que deixou a equipe ao fim da temporada 2016 com 12 gols em 27 jogos no Brasileiro.

Em 2016, Borja teve sem dúvidas seu melhor ano da carreira. Com 39 gols em 51 jogos, terminou a temporada como um dos maiores goleadores do mundo. Só no Torneio Apertura, primeira parte do Campeonato Colombiano, marcou 19 gols em 21 jogos com a camisa do Cortuluá, superando o recorde de Jackson Martínez. Ainda em 2016, mas pelo Atlético Nacional, fez cinco gols nos últimos quatro jogos da Libertadores e ajudou o time na conquista do título.

Esse ano, Borja tem um começo complicado no Verdão. Claramente o jogador é eficaz para segurar a bola no ataque. Muito forte, tem um chute potente, bom cabeceio e se movimenta bem dentro e fora da área. Porém, parece estar com dificuldade para entender o jogo brasileiro. O começo de temporada irregular pode ao final do ano nem ser mais lembrado, vide a capacidade de fazer gols que o atleta de 24 anos mostrou no ano passado, e apoiado pela grande equipe palmeirense, empolgada pela boa fase do clube, é grande concorrente à artilharia da competição 

Lucas Pratto

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-pratto

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial do clube / Érico Leonan

Com um começo de carreira modesto para o jogador que se tornou, Lucas Pratto esteve bastante instável na transição entre a base do Boca - onde chegou em 2006 por indicação de Martín Palermo e fez mais de 20 gols - e o profissional. Foi emprestado diversas vezes com passagens pela Noruega, Chile e Itália. Mas foi só no Vélez Sarsfield, da Argentina, que desencantou, marcando 42 gols em 125 jogos.

Chegou ao Atlético-MG em 2014, onde se firmou como um grande atacante. Versátil, jogou muito pelas pontas em virtude da grande concorrência no ataque do Galo. Com impressionante tempo de bola, muita facilidade para fazer gols de cabeça e o pivô, inteligente em campo e muito frio na finalização, Pratto fez 18 gols em 53 partidas no Brasileiro pelo Atlético.

Em 2017, Lucas Pratto vai jogar o campeonato como principal referência no ataque do São Paulo. Em 14 jogos, já fez sete gols, em um começo animador pelo Tricolor Paulista. Paralelo a isso, o argentino busca também se manter na seleção de seu país para disputa da Copa do Mundo 2018, e com a saída de Bauza do comando da Alviceleste, é de se esperar do jogador um grande Brasileiro e presença entre os goleadores do campeonato. 

Ricardo Oliveira

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-ricardo-oliveira

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial do clube / Ivan Storti

Mesmo aos 36 anos, é difícil duvidar que Ricardo Oliveira esteja entre os artilheiros do Campeonato Brasileiro de 2017. O experiente jogador, com passagens por Milan, Valência e Real Bétis, iniciou sua carreira na Portuguesa em 2000, e em seu primeiro Campeonato Brasileiro, marcou 14 gols. Em 2003, foi o goleador da Libertadores pelo Santos, com nove gols, e foi jogar na Espanha onde fez 26 gols em 46 jogos na Liga Espanhola e confirmou o faro de gol apresentado no Brasil.

Em 2015, retornou ao Santos e foi novamente o goleador, desta vez do Campeonato Paulista e do Brasileiro com 11 e 20 gols, respectivamente. Calou as críticas e dúvidas acerca de seu futebol com muita praticidade, frieza e calma para fazer seus gols. Vai bem pelo alto, mas desenvolve melhor por baixo. Tem bom controle e domínio de bola e mesmo com a idade avançada, tem boa explosão nas curtas e médias arrancadas perto do gol. No ano de 2016, terminou a temporada com 22 gols marcados e deixou esperanças para mais um bom ano no Peixe.

Assim, Ricardo chega em 2017 com um começo com poucos jogos por conta das lesões e apenas três gols marcados, mas mesmo quando questionado, já provou ser diferenciado. Tem vasta experiência e deve ajudar muito o elenco santista, seja com a vivência absorvida em muito anos neste esporte ou com gols, que podem leva-lo a artilharia da competição.

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-jo

Crédito foto: Divulgação / Fotospublicas.com

twitter-de-esportes-esportudo

Jô foi revelado pelo Corinthians e estreou em 2003 aos 16 anos de idade, se tornando o jogador mais jovem a jogar pelo profissional do Timão. Em 2005, foi para o CSKA Moscou, onde marcou 69 gols em 83 jogos, se destacou e foi contratado pelo Manchester City.

Porém, com alguns problemas disciplinares e sem conseguir jogar seu melhor jogo, Jô voltou ao Brasil em 2011 para o Atlético-MG onde marcou um total de 18 gols em Brasileirões, mas se destacou mesmo com os sete tentos marcados na campanha do título da Libertadores 2013. Após a Copa do Mundo de 2014, o jogador ficou afastado do cenário nacional até 2017 até retornar para o Corinthians, onde surpreende. Tem oito gols em 25 jogos, deixou sua marca em todos os clássicos – uma vez contra Palmeiras e Santos e três contra o São Paulo – e foi muito decisivo no título estadual corintiano.

Alto e forte, Jô é um centroavante típico. Não é dos jogadores mais habilidosos ou técnicos, mas já se mostrou capaz de fazer muito bem a função no ataque. Canhoto, tem bom chute, mas se destaca principalmente na bola aérea. Com 30 anos, continua muito forte no cabeceio, tem bom posicionamento na área e com confiança pode surpreender novamente esse ano e estar entre os goleadores do Brasileiro.

Diego Souza

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-diego-souza

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial do clube / Williams Aguiar

Diego Souza é um dos jogadores com a carreira mais extensa nesta competição. Com 31 anos, o jogador teve passagem por diversos grandes clubes brasileiros e mesmo com idade avançada, se mantém como um dos principais jogadores do esporte nacional e de grandíssima importância para o Sport.

Goleador da última edição com 14 gols, Diego começou sua carreira no Fluminense em 2003, atuando como um meia mais defensivo, quase um segundo volante. Com passagens pelo Flamengo, Palmeiras, Grêmio, Atlético-MG e Vasco, o hoje atacante chegou ao Sport em 2014 como um meia armador. De muita explosão física e técnica, participou de 70 partidas pelo time naquele ano, fez 20 gols e deu 15 assistências. Em 2015, fez nove gols no Brasileiro e foi vice-artilheiro do time na boa campanha do sexto lugar.

No ano de 2016, se tornou um dos melhores atacantes do Brasil, muito decisivo e com extrema facilidade para fazer golaços – de bicicleta ou voleio – além de estar muito apurado tecnicamente. Aos 31 anos, já tem dez gols em 2017 e parece estar muito maduro, sem lapsos de concentração como em alguns momentos de sua carreira, e cada vez mais criando gosto em fazer gols. Assim, Diego é sem dúvida, concorrente direto na artilharia do torneio nacional.

Lucas Barrios

quem-sera-o-artilheiro-do-brasileirao-lucas-barrios

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial do clube

Lucas Barrios chega ao Grêmio em 2017 após questionadíssima passagem pelo Palmeiras. Entretanto, diferente dos 13 gols que apresentou nos dois anos em São Paulo, foi goleador por onde passou. Pelo Colo-Colo do Chile em 2008, foi o goleador do ano pela IFFHS, somando 37 gols. Já pelo Borussia Dortmund, em 2009 e 2010, deixou Robert Lewandowski como coadjuvante, com 39 gols marcados em dois Campeonatos Alemães.

Bom pelo alto, Lucas Barrios não se limita a força física. Apesar dos quase 1,90m, o jogador demonstra razoável qualidade técnica e faz um ótimo pivô, além da boa movimentação e qualidade para finalizar. Em 2015, chegou ao Palmeiras com boa reputação, mas mesmo com boas atuações na campanha do título palmeirense da Copa do Brasil, não agradou muito. Com seguidas lesões, lembrou um pouco Valdívia, de quem se sabia ter muito talento, se fazia grande investimento, mas não se via grande ímpeto naquilo que era feito.

Em 2017, Barrios chega ao Grêmio disposto a mudar. Fez três gols contra o Guarani-PAR pela Taça Libertadores e já tem sete gols em 14 jogos pelo Tricolor Gaúcho. O novo atacante gremista já mostrou em sua carreira que sabe fazer gols. Aos 32 anos, Barrios terá de driblar a desconfiança sobre ele, além de seus, à pouco recorrentes problemas físicos, mas se tiver sequência e estiver motivado, tem chances de figurar entre os "matadores" do Brasileiro 2017.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Guru? Repórter faz suas apostas para prêmios individuais no Brasileiro
Veja qual foi a média de público do seu time nos Campeonatos Estaduais
Copa Libertadores: Jogadores brasileiros que mais venceram o torneio

Veja Mais Notícias Assim

 

Categorias: Futebol, Santos, Atlético MG, Corinthians, Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Brasileirão, campeonato brasileiro, Artilheiro, Candidatos, Confira, quem

João Pedro Calachi

Escrito por João Pedro Calachi

Palmeirense, estudante de jornalismo na PUC-SP e fanático por esportes.

Lists by Topic

see all
New Call-to-action