<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Palmeiras: Carta aberta de despedida para Gabriel Jesus

carta-aberta-de-uma-torcedora-para-gabriel-jesus.png

Crédito foto: Reprodução Facebook oficial do clube

Em 2015, na oitava rodada do Paulistão, no jogo contra o Vitória, os holofotes se voltaram para o novato que iria entrar em campo. Com 17 anos, um menino fazia sua estreia em um Allianz Parque lotado. Aos 24 minutos do segundo tempo, Oswaldo de Oliveira, técnico do Palmeiras na época, se rendia a torcida que em coro pedia Gabriel Jesus.

A torcida já depositava confiança no menino, mas não imaginava que ela seria totalmente recompensada. Do Jardim Peri para o Palmeiras, ele foi mostrando todo o seu brilho em campo, aos poucos, com aquele sorriso inicial de canto de boca, aquela vergonha nítida ao ter que dar entrevista, aquela simplicidade ao pisar no gramado e aquela facilidade, gostosa de ver, ao tocar na bola.

Milagres? Ele fez vários; jejum? Quebrou alguns. Honrou o nome. Virou música nas arquibancadas, ídolo da torcida, sinônimo de gol. A joia palmeirense chamou a atenção do Brasil e do Mundo. Conquistou uma vaga mais do que merecida na seleção brasileira e chamou a atenção de ninguém mais que Pep Guardiola.

Carregado de vontades e de sonhos, Gabriel Jesus, fez por merecer o lugar que chegou. Fã de Ronaldo Fenômeno, mostra que talento ele tem. Um pouco mais solto do que chegou ao Palmeiras, ele conquistou muito mais do que esperava. Firmou-se titular, foi campeão da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, além da conquista do inédito título olímpico, ele é constantemente convocado para a seleção principal, mas agora ele parte para mais um desafio: jogar na Inglaterra.

No último jogo do Verdão no Allianz Parque, o menino Jesus chorou a emoção de todos os palmeirenses. Em suas lágrimas era possível ver a alegria do campeão, mas também o aperto em seu coração por deixar o clube. O menino Jesus ainda fez um pedido: ''Não se esqueçam de mim''.

A torcida não mudará de cor Gabriel, ela só ganhará mais algumas, os palmeirenses se pintarão de Gabriel Jesus quando o Manchester City jogar, os aplausos triplicaram, pois agora a Inglaterra inteira estará de olho nesse menino e também será um pouco verde e branca.

Vai Gabriel, espalha seu brilho pelo mundo, faz careta quando errar o gol, liga para mãe quando a bola beijar a rede, lembra de Peri sempre quando pisar nos gramados, capricha nos passes, olha para goleiro, faz aquele drible, carimba o gol. O seu caminho ainda é longo, mas o sucesso é mais. Leva consigo a cor verde e branca no coração, não se esqueça do Palmeiras porque o Palmeiras jamais esquecerá de você, pois o seu nome está gravado na história e o seu rosto estará para sempre na foto com os campeões.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Torneio Internacional: Meninas levam o hepta e dão goleada no machismo
Uma pergunta para Paulo Nobre sobre Lucas Barrios
Carta aberta: O relato de um voluntário das Olimpíadas Rio 2016

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Palmeiras, Futebol brasileiro, Seleção Brasileira, Manchester City, PepGuardiola, Gabriel Jesus, Futebol Inglês, Carta aberta, Gabriel, Jesus, Torcedora

Aline Cristina

Escrito por Aline Cristina

Jornalista em formação pela Unesp. Apaixonada por futebol. Coração preenchido pelo verde do Palmeiras e o amarelo do Xv de Jaú.

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action