<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Impressionante! Confira algumas das contusões mais sérias do vôlei

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei

Crédito foto: Getty Images

Visando um melhor desempenho dentro das quadras, o atleta ignora o limite de seu organismo, o que pode trazer problemas físicos, que uma cirurgia pode corrigir e em outros casos o final de sua carreira. No voleibol, as lesões de joelho são mais comuns. Elas ocorrem normalmente em decorrência de traumas relacionados aos saltos, que causam fadiga e o impacto no amortecimento.

O Esportudo separou alguns casos das contusões mais sérias que nossos atletas do vôlei já passaram. Confira!

Marcelo Negrão - joelho

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-negrao

Credito foto: Getty Images 

Um dos melhores jogadores nos anos 90 foi convocado pela primeira vez aos 17 anos, tornando-se o titular da seleção adulta. Com seu salto que alcançava 3,60m com uma velocidade de 150km/h, recordes que foram incluídos no Guinness Book e colocou 74 bolas no chão em apenas um jogo; números de assustar qualquer defensor. Foi um dos maiores protagonistas na conquista de ouro dos Jogos Olímpicos de 1992 e eleito o melhor jogador do mundo em 1993. No dia 11/05/2001, voltou à seleção depois de um ano e meio, e no segundo set contra a Holanda, no primeiro salto o joelho não suportou o peso e o atleta foi ao chão. Marcelo sofreu ruptura do tendão patelar e foi submetido a uma cirurgia no dia 13. Começou a ter problemas com seu joelho em 1995 e depois de várias cirurgias, aposentou-se das quadras com pouco mais de 30 anos. Uma perda prematura e triste para o esporte nacional.

Ana Moser - joelho

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-ana

Ana é considerada uma das melhores atacantes do esporte, ao longo de sua carreira sofreu quatro cirurgias e vários tratamentos fisioterápicos para estar em condições de entrar em quadra. Mas a contusão mais grave aconteceu no final de 1995. Ela foi operada no início de 1996 e não sabia se poderia defender as cores verde e amarela na Olimpíada de 1996 por causa de sua recuperação de pelo menos quatro meses (dois meses antes do evento). A atleta não queria ficar de fora dos Jogos, e graças à sua dedicação e força de vontade, ajudou a seleção a ganhar sua primeira medalha em uma Olimpíada.

Thaisa - joelho

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-thaisa

A jogadora estava sentindo muitas dores no joelho (uma lesão que aconteceu no início do ano). No início de abril, ela se afastou das quadras por causa de uma grave contusão no ligamento do tornozelo, e decidiu a parada para passar pelo procedimento. A central ficará afastada do esporte cerca de seis meses, a bicampeã Olímpica foi submetida a uma cirurgia no joelho dia 6 de junho para corrigir uma lesão na cartilagem e no menisco. Sua volta está sendo esperada no início de 2018 e os fãs brasileiros estão sentindo muito sua falta na seleção.

Wallace - hérnia de disco

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-wallace

Crédito foto: Getty Images

facebook-de-esportes

Antes das finais da Liga Mundial de 2015 no Rio, o jogador sentiu muitas dores nas costas (no sábado, dia 11 de julho). O atleta foi submetido a uma cirurgia para resolver o problema e ficou de fora das finais e o Brasil foi eliminado da competição. Nos primeiros 15 dias, ficou de repouso absoluto. No Campeonato Mundial de Clubes não foi muito bem e sua volta triunfal foi na Superliga, ganhando seu quarto título e foi uma peça fundamental para a medalha de ouro no Rio 2016.

Mari - joelho

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-mari

Depois de sofrer uma lesão no Grand Prix de 2010, quando ficou afastada do esporte por oito meses, a atleta ficou fora da temporada de 2013 com outra lesão no joelho. A esportista culpa as condições da quadra. Sem muito sucesso depois dos procedimentos, ela nunca recuperou sua forma física e técnica que a fizeram ser considerada uma das melhores do mundo, não conseguiu se engrenar na Unilever e seleção, e foi cortada dos Jogos Olímpicos de Londres.

Paula Pequeno - joelho

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-paula

Paula ficou de fora dos Jogos de Atenas por causa de uma grave contusão no joelho esquerdo, depois da cirurgia, sua recuperação foi prevista de seis a oito meses, tirando o sonho de participar nos Jogos. PP4 sem dúvida alguma é uma das melhores e mais completas jogadoras do Brasil e depois de sua recuperação voltou com força total, sendo eleita MVP dos Jogos de Pequim, e continua mostrando toda a sua garra, talento e força nas quadras.

Jaqueline - cervical

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-jacque

Em 2001, com apenas 17 anos, Jacque foi convocada para a seleção adulta. Em 2002 a atleta teve uma contratura no joelho, quando se submeteu a uma cirurgia para tratar a contusão, ficou de fora das quadras por volta de seis meses. Em seu segundo treino após sua volta, torceu o mesmo joelho, e voltou para a mesa de operação. Jaque teve complicações com a circulação sanguínea de sua mão, o que agastou mais tempo longe do esporte, ficando de fora do Campeonato Mundial de 2002, Jogos Pan-Americanos de 2003 e Jogos de Atenas. No primeiro jogo do Pan-Americano de 2011, com um choque com a líbero Fabi, a jogadora sofre uma lesão cervical, não pode defender a seleção na Copa do Mundo, o que diminuiu o desempenho da equipe e acabou ficando em quinto lugar e sem a classificação para os Jogos de Londres. Hoje, totalmente recuperada, ela está em dificuldade de conseguir um contrato no Brasil, pois não quer ficar longe do marido e do filho.

Murilo - ombro

impressionante-confira-algumas-das-contusoes-mais-serias-do-volei-murilo

No dia 3 de maio de 2013, o jogador passou por uma cirurgia para tratar uma antiga lesão que já o incomodava há mais de dois anos. Mesmo com dores, preferiu conviver com elas e o incômodo. Murilo ficou longe das quadras no período de cinco a seis meses e fora também dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Zé Roberto pode surpreender com o Hinode Barueri na elite?
Leandro Martins faz uma análise crítica do vôlei de praia no Brasil
O que podemos esperar do novo elenco do Vôlei Renata?

Veja Mais Notícias Assim

 

Categorias: Vôlei, Confira, Contusões, Thaisa, impressionante, algumas, sérias

Ader Sobrinho

Escrito por Ader Sobrinho

Mineiro, amante de todos os esportes. Torcedor do Patriots e Atlético-MG. Esportes favoritos são: futebol, futebol americano, vôlei e basquete.

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action