<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Em busca de dinamismo no vôlei, FIVB não sabe mais para onde atirar

em-busca-de-dinamismo-no-volei-fivb-nao-sabe-mais-para-onde-atirar.png

Crédito foto: Getty Images

A FIVB não sabe mais o que inventar para reduzir o tempo de jogo. Já tentaram diminuir os sets para 21 pontos, ideia que foi testada na Superliga na temporada 2013/14, mas logo foi descartada. Agora, segundo o site Melhor do Vôlei, o Mundial Sub-23 vai servir de teste para uma nova fórmula de pontuação para os jogos.

Basicamente eles irão testar um formato de jogo disputado em melhor de quatro sets de 15 pontos cada. Uma espécie de jogo com formato de tie-break sem sentido algum. A ideia da proposta é deixar os jogos mais ágeis e atrativos, uma vez que vai diminuir o número total de pontos da partida.

O vôlei, antigamente chamado de mintonette, é o esporte olímpico que mais sofreu alterações nas regras, e muitas delas contribuíram para o seu sucesso. O fim da vantagem, os sets de 25 pontos, o toque da bola na fita superior da rede, a disputa na rede e a posição de líbero são alguns dos exemplos de evoluções na regra que tiveram um impacto positivo no esporte e o fizeram evoluir, mas essa mudança na pontuação seria um enorme retrocesso para a modalidade.

Vale lembrar que ninguém, fora das emissoras de televisão, pede para que o tempo de jogo seja reduzido. É verdade que com duas paradas técnicas obrigatórias por set, dois tempos técnicos por time e com os desafios o jogo sofre com muitas interrupções, e isso precisa ser mudado.

bernardinho-superliga-mudanca-fivb

New Call-to-action

Mas na Superliga, uma alternativa testada foi o fim das paradas técnicas no 8° e 16° pontos. Essa mudança foi aprovada por todos e o jogo ganhou mais dinâmica. Não há necessidade de diminuir a estrutura dos sets, apenas reduzir a quantidade de paradas.

No geral, atletas, público e patrocinadores estão satisfeitos com a duração dos jogos, que varia entre 1h20 e 2h20. A média dos jogos de vôlei é de 1h45, o que não é nenhum absurdo se formos comparar com outros esportes. A questão é saber se um esporte olímpico merece ser tão modificado por vontade das emissoras de televisão e sem nenhuma consulta dos profissionais que dedicam a sua vida para o vôlei. 

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
As 10 melhores contratações para a Superliga 2017/2018
Revelação das areias, Guto Carvalhães fala em exclusiva sobre parceria
4 jogadoras que mereceram a convocação de Zé Roberto Guimarães

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Vôlei, Mundial, Esportes Olímpicos, Seleção Brasileira de Vôlei, fivb

Alexandre Muller

Escrito por Alexandre Muller

Carioca, ex-atleta de vôlei de praia CBV, atualmente jogando vôlei na liga universitária da França.

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action