<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

De figurantes a protagonistas: 3 jogadores que demoraram a estourar

de-figurantes-a-protagonistas-jogadores-que-demoraram-a-estourar

Crédito foto: Getty Images

Iniciar uma carreira de jogador de futebol é o sonho de toda criança que cresce e acompanha o esporte. Ser astro de um clube é, sem dúvidas, a vontade de todos, mas o começo é sempre uma tortura.

Muitos começam postulantes à craque e ídolos, mas pouquíssimos conseguem atingir a expectativa de todos. É sempre normal o profissional iniciar como figurante, apenas mais um que possa ajudar e, na medida em que as partidas acontecem, o protagonismo acaba por achar àqueles que o merecem.

Separemos três jogadores que iniciaram suas carreiras como figurantes e, ao longo do tempo, mesmo que curto, logo viraram protagonistas. Confira!

3. Fernando Prass

de-figurantes-a-protagonistas-jogadores-que-demoraram-a-estourar-prass

Hoje ídolo do Palmeiras, Fernando Prass teve um início com muita dificuldade de se firmar. O goleiro de 39 iniciou sua carreira no Grêmio, de Porto Alegre, mas teve apenas 38 participações com a camisa tricolor, já que o titular do time na época era o já consagrado Danrlei. Com isso, o arqueiro teve boa participação no Vila Nova (Goiás), as defesas importantes fizeram as portas abrirem no Coritiba.

Antes de chegar ao Vasco e ganhar a Copa do Brasil de 2011, sendo um dos jogadores mais importantes, Prass ainda teve passagem de três anos (2005 a 2008) pelo modesto União de Leiria (Portugal). Já conhecido no cenário nacional, Fernando Prass chegou ao Palmeiras com a incumbência de suprir Marcos, até porque os goleiros do clube não estavam dando conta: Diego Cavalieri e Sérgio não deslancharam e a diretoria achou que uma mudança na meta alviverde fosse a mais adequada. E deu tudo certo, no clube desde 2013, conquistou a Copa do Brasil em 2015 e o Brasileirão de 2016.

2. Gabriel Jesus

de-figurantes-a-protagonistas-jogadores-que-demoraram-a-estourar-jesus

esportes-instagram

O garoto que hoje brilha nos gramados ingleses teve um começo incerto no Palmeiras. Gabriel chegou em 2013, assinando seu primeiro contrato, nas categorias de base começou na reserva, mas ao longo do tempo assumiu a titularidade e nunca mais saiu. Impiedoso com os goleiros adversários, foi artilheiro da equipe no Sub-17 com 16 gols.

Gabriel Jesus fez sua estreia no profissional aos 17 anos, duelo contra o Bragantino no Campeonato Paulista. E marcou seu primeiro gol contra o Vitória-BA pelo Brasileirão. Mesmo caindo nas graças da torcida, o jovem era tido como promessa, figurante com status de protagonista, mas que poderia levar um tempo, pois Rafael Marques e Alecsandro eram tidos como intocáveis.

Em 2016, Gabriel teve seu grande ano, o garoto já era uma "realidade" e componente fixo no time principal, precisa então assumir a titularidade do time campão da Copa do Brasil. Na Libertadores a eliminação na primeira fase fez com que Jesus tivesse mais oportunidades, e de jogo em jogo foi mostrando seu potencial. Por muitas oportunidades foi o artilheiro máximo do Brasileirão, mas parou nos 12 gols, Diego Souza garantiu a artilharia da competição jogando pelo Sport.

No dia 3 de agosto o Manchester City da Inglaterra anunciava Gabriel, mas só iria para o melhor futebol do mundo após o término do Brasileirão, acordo feito entre Palmeiras e City. Restava então o menino do bairro do Peri sair com chave de ouro. E o ouro veio, bordando o troféu do Verdão Campeão Brasileiro.

Comandado por Gabriel Jesus e Moisés, o Palmeiras conquistava o Brasil, e Gabriel partia rumo à Inglaterra, já estando naquela oportunidade pela Seleção Brasileira de Tite, fazendo dois gols e sofrendo o pênalti convertido por Neymar, garantindo assim a vitória do Brasil diante do Equador em Quito.

1. Lionel Messi

de-figurantes-a-protagonistas-jogadores-que-demoraram-a-estourar-messi

Sim, Messi também entra para a lista, pois quando estreou pelo time principal do Barcelona, o clube tinha como maior estrela Ronaldinho Gaúcho. Lionel Messi hoje é, por muitos, o melhor jogador do planeta, mesmo tendo Cristiano Ronaldo o título pela FIFA. O argentino teve sua estreia no clube catalão em 16 de outubro de 2004, duelo contra o Espanyol.

Ronaldinho foi o grande astro daquele time que conquistou a Liga dos Campeões em 2006, mas Messi já estava no elenco como um mero coadjuvante, de luxo, é verdade. A "Pulga", como é chamado, assumiu o protagonismo do clube somente com a saída de R10, que foi jogar pelo Milan em 2008. Desde então o argentino brilha cada vez mais, conseguindo por cinco vezes conquistar o prêmio de Melhor Jogador do Mundo.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Rússia 2018: 4 seleções que vão fazer falta na Copa do Mundo
Conheça o melhor jogador de cada time na UEFA Champions League 2017
As 7 melhores contratações feitas por Alexandre Mattos no Palmeiras

Veja Mais Notícias Assim

 

Categorias: Futebol, Jogadores, protagonistas, figurantes, demora

Diego Santos

Escrito por Diego Santos

Diego Santos, estudante do sétimo semestre de jornalismo na FIAM FAAM. Com olhar bem crítico, fala sobre tudo. Sem medo de dar opinião forte.

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action