<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Confira o Top 10 dos melhores técnicos da NBA nesta última década

top-10-dos-melhores-tecnicos-da-nba-nesta-ultima-decada.png

Crédito foto: Reprodução Pinterest

Quando assistimos um jogo de basquete, principalmente da NBA, sempre queremos ver os melhores jogadores do mundo dando enterradas e dribles de deixar o marcador sentado no chão, mas a liga americana não é só feita disso, temos também outros protagonistas importantes.

Sim, estamos falando dos grandes técnicos. Estes são responsáveis por montarem estratégias de ataque e defesa, onde muitas vezes tem uma grande parcela no sucesso ou fracasso de seu time. Pensando nisso, a equipe do Esportudo.com traz um Top 10 com os melhores técnicos da NBA nesta última década. Confira!

10. Tyronn Lue (Cleveland Cavaliers)

tyronn-lue-getty-ft.jpg

Crédito foto: Getty Images

Em 2014, Lue virou assistente técnico de David Blatt no Cleveland Cavaliers e foi vice-campeão na temporada 2014-15. No começo de 2016, David Blatt foi demitido e Lue se tornou técnico principal da equipe, onde logo de cara levou seu time para seu primeiro título na história da franquia numa final de sete jogos histórica contra o Golden State Warriors. Na temporada 16-17, o treinador levou novamente o Cleveland para a final contra o Warriors, mas seu time foi batido em cinco jogos.

9. Brad Stevens (Boston Celtics)

brad-stevens-ft-getty.jpg

Crédito foto: Getty Images

Um dos melhores técnicos da nova geração da NBA, Brad Stevens começou a carreira de técnico em 2007, pela Universidade de Butler, em Indianápolis. Levou a equipe à duas decisões da Final Four seguidas e se tornou o técnico mais novo da história a conseguir tamanha façanha. Em 2013, Stevens se tornou técnico do Boston Celtics, onde pegou um time em plena reconstrução e transformou em uma potência na Conferência Leste chegando à final da conferência na última temporada.

8. Frank Vogel (Orlando Magic)

Frank-Vogel-Getty-Images.jpg

Crédito foto: Getty Images

Começou a carreira como assistente em 2001 e rodou por vários times até parar no Indiana Pacers em 2007. Quatro anos mais tarde, isto é, em 2011 Vogel foi efetivado como técnico principal, levando o time as finais da Conferência Leste por dois anos consecutivos, mas perdeu as duas para o Miami Heat de LeBron & Cia. Em 2016, saiu do time e foi anunciado como novo técnico do Orlando Magic.

7. Mike D'Antoni (Houston Rockets)

dantonimike-getty-images.jpg

Credito foto: Getty Images

Conhecido por ser um técnico bastante ofensivo, Mike D'Antoni iniciou sua carreia como técnico pela Europa, sendo mais preciso na Itália, treinando o Olimpia Milano e o Treviso. D’Antoni chegou na NBA em 1997, mas obteve sucesso quando assumiu o Phoenix em 2003, com o time controlado pelo Steve Nash e Amar’e Stoudemire, batendo o recorde da franquia em número de vitórias, mas não conseguiu o título da liga. Depois, passou pelo New York Knicks e Los Angeles Lakers.

Na temporada 16-17, assumiu o Houston Rockets, com seu característico jogo ofensivo, onde levou o time ao 3º lugar da Conferência Oeste, perdendo na semifinal para o San Antonio Spurs. No final da temporada, D’Antoni ganhou o prêmio de Treinador do Ano, sendo um prêmio bastante merecido pela temporada que teve.

esportes-instagram

6. Mike Budenholzer (Atlanta Hawks)

mike-budenholzer--getty-ft.jpg

Crédito foto: Getty Images

Começou como assistente técnico do San Antonio Spurs, pegando conhecimento do mestre Gregg Popovich, ficou no time texano por 17 anos até 2013, quando assumiu a comissão técnica do Atlanta Hawks. Todos os anos com o Mike no comando, Atlanta nunca deixou de ir para os Playoffs, o mais longe que conseguiu foi ir para à final da Conferência Leste em 2015, ainda neste mesmo ano ele ganhou o prêmio de Treinador do Ano da liga americana. Em 2016, Atlanta foi eliminado na primeira rodada dos Playoffs.

5. Erik Spoelstra (Miami Heat)

spoelstra-erik-getty-ft.jpg

Crédito foto: Getty Images

Estreou como assistente técnico no próprio Miami Heat em 1997, fazendo ele participar dos três títulos da franquia, subiu para técnico principal em 2008 e participou dos dois títulos seguidos com o trio LeBron, Wade e Bosh. Mesmo com o Heat sendo um dos piores times na última temporada, quase conseguiu levar o time para os Playoffs, brigando pela vaga até o último jogo.

4. Doc Rivers (Los Angeles Clippers)

doc-rivers-getty-images.jpg

Crédito foto: Getty Images

Começou sua carreira de treinador em 1999, mas sem muito sucesso e sendo demitido no começo da temporada 2003-04. Na temporada seguinte, Rivers assinou com o Boston Celtics e ficou por nove anos, sendo campeão na temporada 2007-08, com o trio Rondo, Pierce e Garnett. Na temporada 2013-14, Rivers foi trocado para o Los Angeles Clippers, onde permanece até hoje, onde foi para os Playoffs em todos os anos no comando.

3. Tom Thibodeau (Minnesota Timberwolves)

tom-thibodeau-getty-images.jpg

Crédito foto: Getty Images

Conhecido por seu trabalho excepcional na defesa, Thibodeau começou como assistente no Minnesota Tiberwolves em 1989, depois rodou por outras cinco equipes até chegar como técnico principal do Chicago Bulls em 2010, com ele de técnico e Derrick Rose jogando demais, sendo MVP no final da temporada regular, Tom Thibodeau foi o técnico novato com mais vitórias numa temporada só, e ganhou o prêmio de Técnico do Ano. Em 2016, voltou para Minnesota e agora pode treinar um dos elencos mais promissores da liga americana.

2. Steve Kerr (Golden State Warriors)

steve-kerr-warriors-getty.jpg

Crédito foto: Getty Images

Steve Kerr iniciou sua carreira de técnico em 2014 no Golden State Warriors, duas vezes campeão da liga americana, e mesmo com pouco tempo como técnico, já fez história à frente da equipe, sendo campeão na primeira temporada como treinador, sendo o primeiro a fazer isso, em 2016 bateu o recorde de mais vitórias em uma temporada regular e ganhou o prêmio de Técnico do Ano, e se tornou campeão novamente esse ano, perdendo só um jogo nos Playoffs. No comando do Warriors, tem tudo para bater mais recordes e ganhar ainda mais títulos.

twitter-de-esportes-esportudo

1. Gregg Popovich (San Antonio Spurs)

gregg-popovich-getty-ftr.jpg

Crédito foto: Getty Images

Claro que não poderia faltar ele: Gregg Popovich. O técnico iniciou sua carreira como assistente no San Antonio Spurs em 1988. Quatro anos mais tarde, isto é, em 1992 ele foi para o Golden State Warriors. Depois, ele voltou para o time texano em 1994 para ser General Manager e em 1996 virou técnico principal, onde continua até hoje. Popovich participou de todos os cinco títulos da franquia texana e tem o recorde de vitórias em uma temporada regular, mais de 1.100 vitórias na carreira, três prêmios de Técnico do Ano. Sem dúvida, Popovich é melhor técnico desta década e um dos melhores de todos os tempos da liga americana.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
Patrocínio milionário: veja quem estampará a camisa dos Cavs em breve
O histórico confronto entre Vasco da Gama e San Antonio Spurs em 1999
Saiba quais são os jogadores que mais foram MVP das finais da NBA

Veja Mais Notícias Assim

Categorias: Basquete, NBA, Top 10, Técnicos, Golden State Warriors, Cleveland Cavaliers, Melhores, última década, Gregg Popovich, San Antonio Spurs, Boston Celtics, Técnicos da NBA, Tyronn Lue, Melhores técnicos

Daniel Avila

Escrito por Daniel Avila

Natural do Rio de Janeiro. Estudante de jornalismo e apaixonado por esporte. Tenta jogar basquete e futebol

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action