<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=542815619221093&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Confira 8 brasileiros que batem um bolão por outras seleções

confira-brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes

Crédito foto: Divulgação / Quique Garcia

Hoje em dia, é comum atletas de outros países se naturalizarem em um diferente do seu e defender outras seleções. O Brasil é muito rico em talentos e muitos craques, por ter um sonho de jogar uma Copa do Mundo, preferem passar a atuar em outro país, vizando apenas a possibilidade de disputar o Mundial.

Temos diversos craques que passaram para outras nações e que batem um bolão, até seriam titulares na nossa Canarinho. O Esportudo separou oito deles, brasileiros, que estão melhores na atualidade. Confira!

1. Pepe – Portugal

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-pepe

Pepe é um dos mais famosos zagueiros da atualidade, nascido no estado de Alagoas. O atleta do Real Madrid se naturalizou português, junto com Deco e Liedson, e até hoje é peça fundamental na zaga portuguesa.

2. Diego Costa – Espanha

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-diego-costa

Diego Costa, o jogador brasileiro que ficou famoso por recusar a camisa nove da Seleção Brasileira, protagonizou a maior polêmica sobre naturalização no futebol. Recusou a convocação de Felipão em 2013 e optou por defender a Seleção Espanhola (até então, era campeã do mundo). Até hoje é titular da equipe.

3. Thiago Motta – Itália

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-thiago

Crédito foto: Divulgação / Site Oficial PSG

esportes-instagram

O volante nasceu no Brasil e seu primeiro e único clube brasileiro foi o Juventus-SP. Após ser transferido para a Juventus-ITA teve uma trajetória de sucesso pelo Barcelona e Inter de Milão, até chegar ao PSG. Veio de família italiana, se naturalizou e desde 2011 atua na Seleção Italiana, sendo um dos líderes.

4. Éder – Itália

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-eder

Outro brasileiro que está na Seleção Italiana é Éder, porém, ele tem ascendência italiana. Atualmente, o atacante da Inter de Milão vem fazendo bons jogos pela equipe. Éder disse que nunca teve vontade de jogar na Seleção Canarinho, quando Dunga estava no comando e que ele é mais útil na Itália. Concordam?

5. Rodrigo Tabata – Catar

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-rodrigo

O experiente meio campo, ex-Santos, se naturalizou catariano e em sua estreia no ano passado já fez gol. Nessa temporada, por exemplo, ele roubou a cena no Catar e desbancou Xavi (ex-Barcelona), se tornando o melhor meia de 2017.

6. Guilherme Marinato – Rússia

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-guilherme

twitter-de-esportes-esportudo

O goleiro nascido em Minas Gerais se naturalizou russo em 2015. Atualmente é o segundo goleiro da Seleção Russa, mas a sua fase é tão boa que o treinador está pensando seriamente em colocá-lo como titular na Copa do Mundo de 2018.

7. Thiago Cionek – Polônia

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-thiago

O paranaense Thiago Cionek, atualmente zagueiro do Palermo-ITA, se naturalizou na Seleção Polonesa em 2011 e sua estreia foi em 2014. Thiago já fez nove partidas pela equipe nacional e participou do elenco histórico da Eurocopa de 2016.

8. Thiago Alcântara – Espanha

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-alcantara

O mais famoso de todos é filho do tetracampeão mundial pelo Brasil, Mazinho. Thiago começou nas categorias de base do Flamengo e por não ter sido muito aproveitado se transferiu para o Barcelona e virou cidadão espanhol. Ele se diz estar muito feliz na Espanha vestindo a camisa 10 e a tarja de capitão junto de Diego Costa. Seu irmão, Rafinha Alcântara, pelo contrário, sonha em jogar pela Seleção Brasileira.

Especial: Irmãos dos Santos

brasileiros-que-batem-um-bolao-por-outras-selecoes-irmaos

Crédito foto: Getty Imagem

Zizinho, ou Geraldo Francisco dos Santos, deixou o Brasil aos 18 anos, em 1980. Uma proposta do América do México o fez sair do São Paulo, onde começou sua carreira. Desde então, nunca mais voltou ao Brasil, se casou com uma mexicana e teve dois filhos: Giovani dos Santos, que tem dupla nacionalidade, e Jonathan dos Santos, que prefere ser apenas mexicano, ambos revelados pelo Barcelona. Giovanni, o mais velho, foi o que mais deu certo, atualmente é o camisa 10 do México e o melhor jogador da equipe. Seu irmão está caminhando para uma trajetória de sucesso na seleção.

E aí, curtiu o nosso conteúdo? Comente e acompanhe mais notícias do seu esporte favorito no Esportudo.com!

Veja também:
É caixa! Veja os artilheiros nas principais competições pelo mundo
Neymar foi o terceiro jogador de futebol mais bem pago em 2016/2017
Diversidade e tolerância no futebol: Conheça o Hapoel Katamon

Veja Mais Notícias Assim

 

Categorias: Futebol, Futebol Internacional, Brasileiros, Seleções, Confira, bolão, batem, outras

Silas Agostinho

Escrito por Silas Agostinho

Paulistano, graduado em Administração e pós-graduado em Controladoria. Sou apaixonado por esportes, principalmente por vídeo game, futebol e velocidade. Isso foi o que me levou a ser redator esportivo na Esportudo, onde escrevo desde 2016. Para conhecer melhor minha trajetória, siga no Instagram e no Twitter @silazagostinho

Recent Posts

Lists by Topic

see all
New Call-to-action